19 comments

  1. O CARA FODE MTO BEM E TEM UM PAUZAO MTO LOKO…
    PENA QUE PEGOU UMA TRAVESTI COM GATO NA GARGANTA
    KKKKKKKKKKKKKKKKKK
    OW GEMIDO MAIS BROCHANTE… =/
    SE TIVESSE PEGO UM CARA SAFADO TERIA SIDO BEM MELHOR
    KKKKKKKKKKK
    NHAUUUUU NHAUUUUU NHAUUUU
    KKKKKKKKKK

  2. Melhor do vídeo: os gemidos da trava. Pai, o que é isso? Como o pau(zão) dele ainda ficou de pé depois da gazela gemendo daquele jeito? kkk Não aguentei e rir aqui na frente do pc, no trabalho.

  3. Já falei em outro Post e falo de novo: Travesti é uma das coisas mais broxantes que existe. E ainda teve gente que me criticou… A resposta vem com este vídeo… kkkkkk.

  4. como vcs sao recalcados com As Travestis neh suas gays ridiculas!!!!se transar com uma travesti beira o bizarro,e 2 homens peludos beira oke?????bando de falsos moralistas do caralho!

  5. Pra mim não falso moralismo coisa nenhuma, não tem nada a ver, questão de gosto mesmo, eu tbm axo broxante pq simplesmente eu ñ sinto tesão, eu ñ to criticando os travestis, só não curto e axo broxante simples.

  6. O mais engraçado de ler os comentários é pensar que ainda queremos que a sociedade nos respeite… que louco né… pois devíamos nós mesmos nos respeitarmos, seja travesti, gay, lésbica… o que for… ao que aprendi o meu direito começa onde termina o do outro e vice versa…! Ah e não estou com falso moralismo, é pura questão de ética e berço! Não vem com essa de bizarro ou não, o legal é respeitar o diferente ainda mais por sermos assim “diferentes” não acham? Só se tem respeito por aquilo que se respeita!

  7. Se nem entre nós a respeito,ke dira exigir respeito da sociedade,kero mais e ki esses gays ki tem preconceito com travesti ki morram keimados com um pedaço de madeira enfiado no rabo,pra aprender a respeitar as pessoas!

  8. Bando de bixa sacana… vão procurar compra um pau desses d borracha q vende aki e enterrar tudo no cú , bando de viado despeitado um com o outro.. eu heimmm.. cura gay neles.. hahahhaa

Join the Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *